29 de nov de 2012

Socializações de práticas na Turma HID0176














 No dia 07 de Julho de 2012 ocorreu na turma HID0176, na sala 10, do pólo AUPEX em Joinville a socialização de alguns grupos sobre o tema: Idade Média.
Um dos temas abordados foi sobre a influência da Igreja na Idade Média. Conversamos sobre este período em que a Igreja Católica através de seu líder superior o Papa, tinha grande poder político e social.
Nesse contexto outro grupo apresentou também que nesse período as Cruzadas foram promovidas e incentivadas pela Igreja Católica de Roma, motivando cavaleiros, famílias, nobres, escravos, todo tipo de gente em busca da “Terra Santa’’.
Os assuntos sobre Idade Média foram muito contemplados em outras  socializações da turma neste módulo, não somente nesta data. Anteriormente tivemos inclusive uma palestra sobre “O poder da Igreja na Idade Média” realizada pelo professor Márcio João da Silva:
A turma sempre muito atenta e participativa nas socializações, enriquecendo as conversas e discussões sobre os temas.
A turma também foi participativa nos dias em que fizemos socializações no feriado, fora do pólo. Neste dia um dos temas abordados também foi sobre este período já abordado por outros grupos, porém sobre outro olhar, enfatizaram “A inquisição e as torturas na Idade Média".

Curso: História
Turma: HID0176
Número de acadêmicos: 68
Quantidades de acadêmicos participantes no evento: 56
Disciplinas envolvidas: História Medieval
Professora tutora responsável: Karyne Johann

28 de nov de 2012

Dia Nacional da Educação a Distância é motivo de comemoração


Fonte: http://www.ensino.eb.br/portaledu/conteudo/foto9586.jpg


No dia 27 de novembro, é comemorado o Dia Nacional da Educação a Distância. Instituído pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), a data tem como objetivo informar sobre a importância da EAD no Brasil. Esse modelo de graduação, que tem proporcionado a milhares de pessoas a chance de ingressar em um curso superior e no mercado de trabalho, vem crescendo mais a cada dia, com qualidade de ensino e compromisso com a educação.

Os cursos a distância, se destacam pela praticidade e alto nível de qualidade. Conquistaram 3,5 milhões de estudantes em todo o país, grande parte deles de cursos da área educacional. A modalidade EAD é responsável por 30% dos atuais e futuros professores do país, segundo o Censo de Ensino Superior 2010. Dos 3.971 cursos autorizados pelo MEC, 75% são de ensino superior. Os cursos de pós-graduação, mestrado e MBA correspondem a 17,5% dos estudantes.


 Fonte: http://www.vaniofortes.com.br/blog/wp-content/uploads/ead.jpg



Fonte: http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=curso&id=24952

27 de nov de 2012

Joinville conquista o título geral dos Parajasc



Aluno da AUPEX ,André Felipe da Costa, do curso de Artes Visuais - turma ART 0084, é premiado com o segundo lugar nos Parajasc. Parabéns pela conquista!

A oitava edição da competição paradesportiva mais importante de Santa Catarina chegou ao fim neste domingo (25), em Brusque, e deu à maior cidade do Estado o título geral após a conquista de dois dos quatro segmentos em disputa: Deficientes auditivos e visuais. “São méritos coletivos, fruto de um trabalho de excelên cia realizado em conjunto com os nossos técnicos”, resaltou Rosicler Ravache, coordenadora do Para deporto na Felej (Fundação de Es portes, Lazer e Eventos de Joinville). A cidade já havia conquistado o título em 2011, em São Miguel do Oeste, quebrando a hegemonia de Chapecó, que, por cinco vezes, conquistou a competição.

 Joinville somou 39 pontos e figurou bem durante todos os seg mentos disputados nos Parajasc. Venceu nos Deficientes Visuais e Auditivos, foi vice-campeão entre os Deficientes Físicos e ocupou a terceira colocação nos deficientes intelectuais. “A superação diária faz parte da vida desses atletas. Temos o orgulho de contar com uma delegação em um nível tão alto quanto essa”, declarou Flávio Sérgio Pscheidt, gerente técnico da Felej, referindo-se aos mais de 200 envolvidos de Joinville, que estive ram desde o dia 20 em Brusque.

Participando de todas as mo dalidades propostas pela Fes porte (Fundação Catarinense de Esportes), organizadora da com petição, Joinville colecionou bons resultados durante as disputas em Brusque. Um dos principais destaques foi a natação, coorde nada pelo professor Vanderlei Quintino, que conquistou sete dos oito troféus da modalidade. Segundo Rosicler Ravache, o trabalho continuará ainda mais intensivo após o bicampeonato. “Solidificamos cada vez mais o nome de Joinville no Paradespor to. Nossos atletas são destaques individuais em nível nacional e nós reiteramos que estamos em um momento especial no âmbito coletivo”, completou.

Um show na natação

Joinville foi o grande vencedor na modalidade de natação da 8ª edição dos Parajasc. Nas disputas que ocorreram na sexta-feira (23), no Clube Caça e Tiro Araújo Brusque, o município ganhou sete dos oito troféus da modalidade, incluindo os naipes masculino e feminino.

A principal estrela da modalidade foi Matheus Rheine Corrêa de Souza, de Brusque, que competiu na Paralimpíada de Londres neste ano, e nos ParaJasc conquistou mais dois ouros na natação: nos 50 metros e nos 100 metros livre, ambas no segmento deficiente visual (DV). O único troféu que Joinville não levou foi no segmento deficiente intelectual (DI) feminino. Quem ganhou foi Itajaí.

“Nossa principal meta era levar sete troféus. Estou feliz porque atingimos o objetivo”, resumiu o técnico de todas as equipes de natação de Joinville nos Parajasc, Vanderlei Quintino, que também competiu e ganhou três medalhas nas provas de 50 metros borboleta, 100 metros borboleta e 100 medley.

Nos Parajasc de 2011, realizados em São Miguel do Oeste, a natação de Joinville tinha conquistado dois dos oito troféus em disputa na natação: no DF feminino e no DV masculino. “Trabalho há dez anos com esses atletas especiais e resultados como esses não dão força e motivação para continuarmos nessa missão”, festejou. Joinville participou da competição com 30 nadadores neste Parajasc.

Fonte: http://www.ndonline.com.br/joinville/esportes/39197-joinville-conquista-o-titulo-geral-dos-parajasc.html

Premiação da turma PED 0340



A turma PED 0340 foi premiada com  R$ 500,00  para organização de um churrasco por ser a turma que mais indicou alunos no edital 2012/2 e a professora tutora Lidiane Soares foi presenteada com um tablet pela diretoria da AUPEX.

De Premiação da turma PED 0340

Palestra com o jornalista Welington Nardes










A troca de experiência entre as pessoas é de fundamental importância para se estabelecer conhecimento do trabalho, integração, socialização, treinamento e desenvolvimento das pessoas.
A importância dos objetivos pedagógicos é a relação da aprendizagem/prática, que propiciam suporte, técnica, aprendizado, aproximação da realidade vivenciada.
É importante ressaltar que a Socialização Acadêmico/Palestrante é um momento muito importante para o grupo, pois além da aprendizagem, os acadêmicos têm oportunidade de socializar, trocar experiências e agregar para seu curiculum pessoal.

Curso: Processos Gerenciais
Turmas: EMD0040 / EMD0178/ ADJ0037 / GFI0018 3
Número de acadêmicos: 50 alunos
Disciplinas envolvidas: Administração de Recursos Humanos, Sistemas de Informação, Marketing
Professoras tutoras responsáveis: Ivone Rech Crispim e Daniela Cristina Martins

26 de nov de 2012

Palestra sobre escotismo










 
Na  Sexta-feira dia 21 de setembro, fomos prestigiados pelo Grupo de Escoteiros 9 de Março, pelo qual nosso colega de sala Ivan é representante. Ele mostrou os valores do Escotismo perante a sociedade, onde oferece aos adultos usar de suas experiências e treinamentos para ajudar aos jovens no seu desenvolvimento pessoal.
                    É uma organização que nunca parou de crescer desde a sua fundação em 1907. A Organização Mundial do Movimento Escoteiro, criado por Banden-Powell para orientar o Escotismo, hoje conta com 29 milhões de membros em 216 países.
          É um excelente trabalho voluntário, o Escotismo está aberto a todos, homens, mulheres, crianças, sem distinção de etnia, cultura, credo ou classe, de acordo com os princípios e os ensinamentos concebidos pelo seu fundador Robert  Banden-Powell.

 Joice Valentina.  



 Curso: Processos Gerenciais

Turmas: EMD0178 / AMD 0134

Número de acadêmicos: 40 alunos

Disciplinas envolvidas: Sistema de Informação, Gestão Financeira, Estatística, Administração

Professores tutores responsáveis: Ivone Rech crispim e Marco Antonio Vedovelli Botenne
                                                                                    


A busca de conhecimento é diária em todas as profissões, portanto em Processos gerenciais não é diferente, por isso.
          A importância dos objetivos pedagógicos é a relação da aprendizagem/prática, estas relacionadas atividades participantes dos acadêmicos que propiciam suporte, técnica, aprendizado, aproximação da realidade vivenciada durante o semestre.
          É importante ressaltar que a Socialização é um momento muito importante para o grupo, pois além da aprendizagem, os acadêmicos têm oportunidade de conhecer outras formas de valores e preparação para a vida.
         O movimento escoteiro trabalha valores e prepara para a vida. Onde ajuda os jovens brasileiros a serem:
Melhores para o Brasil: Cidadãos que tenham opinião própria para serem participativos.
Melhores para o mercado de trabalho
: Que exige profissionais preparados para um mundo Global, flexíveis e que saibam trabalhar em grupo.
Melhores para a sociedade:
Onde a cortesia e a ética parecem cada vez menos importantes.
Melhores para o Mundo:
Que saibam preservar a Natureza e o planeta.
DESENVOLVIMENTO FÍSICO Proporciona o desenvolvimento mental e físico do jovem, por meio  de jogos ao ar livre, exercícios, práticas especiais, excursões e  acampamentos.
DESENVOLVIMENTO MORAL A finalidade é o caráter com um propósito. E o propósito é que essa  geração seja sadia no futuro para desenvolver a mais alta forma de  compreensão e dever para com Deus, a Pátria e o Próximo.
DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL Dá uma preparação adequada pelo conhecimento adquirido em cada  uma das etapas de progressão. Como cozinha, nós, natação e salvamento,  regras de segurança, orientação, transmissão de sinais, estudo da  natureza, etc... E também pelas Insígnias de Especialidades,  que desenvolvem a vocação de cada um dos jovens.
ARTE MATEIRA E CAMPISMO A saúde, o autodomínio, a coragem, o sentimento de camaradagem e  uma profunda apreciação da obra de Deus são desenvolvidas pela vida
ao ar livre e o estudo da natureza. O campismo é a parte integrante do sistema pedagógico escoteiro.
A LEI DO ESCOTEIRO O cumprimento de um valiosíssimo Código de Honra pelas máximas da
Lei Escoteira, que estimulam rapazes e moças a serem cidadãos honrados,  leais, úteis, amigos, bondosos, obedientes, alegres, econômicos e  limpos de corpo e alma.
TRABALHO EM EQUIPE A partir do momento que o jovem ingressa no movimento, ele integra
uma equipe, que é chamada de patrulha, quando então, desenvolverá  hábitos e qualidades de disciplina, tão importantes para o sucesso dos  trabalhos. Ele sempre terá uma função (secretário, tesoureiro, almoxarife,  etc). É no trabalho em equipe que o jovem se desenvolve  individualmente, com responsabilidade, adquirindo a autoconfiança  e ampliando sua socialização.
O MÉTODO O sucesso do escotismo está baseado no seu método próprio,  que vai ao encontro dos anseios normais do jovem, proporcionando  maneiras atraentes de realizar suas aspirações,  orientando-as ao mesmo tempo, para finalidades socialmente úteis
por meio de jogos e costumes, tradições, trabalhos manuais, exploração, excursões e acampamentos, entre outros.
O UNIFORME O uniforme, o grupo, a equipe, a patrulha e a tropa servem para a
conservação da unidade da harmonia e do ritmo do espírito que os  jovens buscam.
ESPÍRITO INTERNACIONAL Espírito Internacional ou a amizade internacional.  O movimento destaca em seu programa aquilo que os rapazes das  diferentes nações do mundo têm em comum: a igualdade dos ideais,  pondo em prática meios adequados ao seu alcance sem se preocuparem  com raças, crenças e castas. Da sua influência no desenvolvimento da "boa vontade" sobre os homens.