28 de ago de 2013

Confira 10 dicas para você usar em seu Instagram.

Fonte:http://nethistory.ru/


1) A primeira coisa antes de iniciar as dicas é entender que cada rede social tem sua função e suas pessoas. Não siga todo mundo que você já segue no Twitter e no Facebook. Senão vai virar mais do mesmo. Procure seguir quem publica fotos que vão ao encontro de seus interesses e gostos.

2) Nada de postar de 5 em 5 minutos. Na internet isto se chama floodar a timeline, ou seja, inundar de conteúdo. Use com moderação, tá?

3) Quer postar uma foto antiga? Que tal avisar e contar um pouco sobre aquele momento? Quem está deslizando pela timeline acha que tudo está acontecendo em tempo real.

4) O Instagram não é uma rede social de fome! Postar aquela foto do bolo lindo de aniversário, aquele prato exótico que você está comendo em sua viagem internacional até vai. Mas tem gente que não tem bom senso e publica tudo o que come. Do pão murcho ao miojo. Do arroz com ovo ao prato feito. Me ajuda, né Brasil? Comida no Instagram só se fugir do tradicional ou se tiver linda de viver! Se você não é um cozinheiro e aprontou na cozinha, relaxa, compartilha no Instagram que vai ser bacana demais ver o seu esforço.

5) Previsão do tempo é coisa de Jornal ou de aplicativo que já vem instalado no smartphone, ou seja, todo mundo que tem smarpthone também tem. Então deixe o seu lado Rosana Jatobá de lado. No início foi legal, mas já passou. As coisas na internet são bem instantâneas e cansam rápido. Foto com previsão de tempo já era!

6) Hashtag no Instagram? Sim, é possível buscar assuntos no Instagram por hashtag, mas pega leve. Umas 8 hashtags são suficientes. Tem gente que põe 20…40. Pra quê? Fica meia hora digitando aquele monte de hashtags.

7) Você pode adorar seguir a pessoa x, e curtir 90% das fotos dela. Mas isto não quer dizer que a pessoa seja obrigada a lhe retribuir e seguir você também. Se as relações podem ser de mão única, respeite. É brega demais pedir….fulano me segue? É a mesma coisa de pedir pra alguém gostar de você. Quem curte gosta e pronto.

 Pelo amor de Deus não salve foto da internet ou de outro Instagram e poste na rede como se fosse sua. É o fim da internet! Seja original e compartilhe com o mundo o seu olhar. Se copiou, dê crédito ao autor.

9) A câmera frontal do smartphone é uma ideia legal demais. Dá até pra ver se o cabelo está bom, se a gravata está no lugar, porém, não ache que o Instagram é o seu espelho social. Tem gente que tira foto com biquinho, mandando beijinho, mostrando a bochechinha rosada, a espinha interna. Use a câmera frontal com bom senso, ainda mais se for postar a foto no Instagram.

10) E aquelas regras de não postar foto caído bêbado, com a mesa cheia de dinheiro porque acabou de receber aquela indenização, e com poses inadequadas para menores de 18 anos continuam. As fotos estão na internet e as coisas na internet não são escritas a lápis. Por mais que você delete, já está salva em algum lugar. Tome cuidado! Depois o seu nome poderá ser jogado no Google e sua reputação ser questionada.

Dicas: Guia Publicidade
http://www.guiapublicidade.com.br/

26 de ago de 2013

Palestra sobre Empreendorismo por Teletransmissão


Os acadêmicos e professores tutores do polo AUPEX/UNIASSELVI participaram, hoje, dia 26 de agosto, da palestra sobre Empreendorismo com Alencar Carvalho, fundador da Gera, diretamente de São Paulo. Na ocasião foi anunciada uma nova parceria da Kroton Educacional com a Endeavor, instituição que é referência mundial em conteúdos de empreendedorismo.

EAD exige disciplina


A cada ano, a graduação a distância cresce no Brasil. Já são mais de 150 instituições de ensino superior que oferecem essa modalidade. Mas isso não quer dizer fugir das aulas. Nesse tipo de curso, o aluno acompanha o conteúdo, faz as atividades e tira dúvidas com o professor via web. Na maioria das escolas, você precisa ir aos polos de ensino – que podem ser na própria universidade ou em locais específicos indicados pela escola – uma vez por semana para assistir a aulas. Também precisa comparecer para fazer as provas. Portanto, disciplina é tudo. Não dá para acumular conteúdo nem deixar de fazer as lições propostas. Já nos cursos presenciais é preciso ir todos os dias à aula, o que dificulta um pouco para quem trabalha ou mora em local muito distante. Portanto, avalie sua situação e escolha, com atenção, a melhor forma de estudo para você. Via - http://www.girodeprofissoes.com.br/

Conheça os cursos de Graduação e Pós-Graduação que você pode fazer pelo polo AUPEX

http://aupex.com.br/
Graduação e Pós-Graduação

O seu poder de decisão é muito maior do que você imagina. Acredite em você!

Vigilância Ambiental alerta para a presença de escorpiões em Joinville


Segundo Vigilância, espécie encontrada não é nativa da região.
Saiba como agir: Orientação sobre a Conduta nos casos de acidente com picada de Escorpião. http://goo.gl/c9g9TQ


5 formas como se voluntariar pode impulsionar sua carreira

Fonte: http://www.val.org.uk

É sempre gratificante dar algo sem receber nada em troca. Ajudar uma instituição carente ou auxiliar em um escritório sem fins lucrativos pode beneficiar você em níveis além do dinheiro. O sentimento positivo de semear boas ações em uma causa na qual você acredita também pode ajudar a sua carreira. Quer saber como?

1. Alimentar a sua paixão 
Se o seu trabalho atual não é o ideal para você, voluntariar em algo que você gosta é uma forma alternativa de alimentar a paixão que você não sente pelo seu emprego no momento.


2. Praticar novas habilidades 
Você pode encontrar uma oportunidade de trabalho voluntário que permita explorar novas funções e habilidades que você gostaria de desenvolver. Essa experiência pode fazer toda a diferença no seucurrículo.


3. Conseguir um emprego efetivo 
O seu trabalho voluntário pode se tornar um emprego efetivo, se você se esforçar o suficiente e for realmente apaixonado pela ação. Ser voluntário dá a oportunidade de aprender como funciona a organização, construir relacionamento e mostrar que você tem o que é preciso para fazer o trabalho.


4. Expandir seu network 
Você vai encontrar pessoas que apoiam a mesma causa e até funcionários que podem ajudar você a encontrar oportunidades de emprego. Ser voluntário é uma ótima chance de expandir o seu network.


5. Trabalhar em equipe 
Você vai aprender a trabalhar em equipe quando estiver fazendo um trabalho voluntário, e essa é uma habilidade imprescindível para qualquer carreira. Aproveite para interagir ao máximo com as pessoas que trabalham com você.


Fonte: http://noticias.universia.com.br/


Headhunters aprovam curso à distância


Ainda há quem tenha ressalvas no mercado de trabalho sobre a qualidade dos cursos online. Entretanto, alguns headhunters (caçadores de talentos) acreditam que os resultados atingidos a partir do aprendizado importam mais que a presença física nas aulas.

Confira abaixo o que oito especialistas consultados acham da nova modalidade de aprendizado.

Preconceito equivocado

Emmanuele Mourão, headhunter da De Bernt Entschev, acredita que as empresas têm preconceito equivocado com o curso online. De acordo com ela, há pesquisas que indicam que o aproveitamento do aluno na modalidade online é melhor do que o registrado pelos alunos de cursos presenciais. Apesar disso, a opinião da recrutadora, o nome da instituição pesa e muito, seja para cursos rápidos, de extensão, graduação e pós.

Colecionadores de cursos

Para o gerente da Michael Page do Rio de Janeiro, Marcelo Cuellar, muitas pessoas optam pelo curso online para adicionar ao currículo mais especialidades. No entanto, quantidade não significa qualidade. Sendo assim, o especialista acredita ser importante fazer cursos para adicionar conhecimento e não apenas para fazer coleção no CV.

Tendência

A sócia-diretora da Resch Recursos Humanos, Jacqueline Resch, sabe que os cursos online ainda não são tão valorizados pelo mercado devido ao preconceito e resistência ao novo. Mas, para ela, a tendência é que a modalidade seja assimilada pelo mercado, já que a oferta tem aumentado.

"Eu jamais discriminaria um candidato por ter usado a tecnologia para ampliar seus conhecimentos e suas habilidades. Seria um total absurdo na era digital", afirma Jacqueline. "Caso tenha relevância, deve registrá-lo no currículo. Declarar que o curso é online ajuda a desfazer esta ideia equivocada de que ele tem menos valor que o presencial", finaliza.

Diferença de preparação

Para Peter Noronha, responsável pelo escritório da Asap no Espírito Santo, é possível perceber a diferença na preparação de um aluno com graduação presencial e outro com formação online. No entanto, ele defende que para algumas funções, principalmente na área financeira e contábil, cursos, que ele classifica como de aplicação, valem a pena na modalidade online. O importante, segundo ele, é escolher um curso online validado por uma instituição que tenha credencial no mercado, e a escolha deve sempre estar atrelada ao plano de carreira.

Sem distinção

O headhunter da Robert Half, Jorge Martins, afirma que não faz distinção se um curso é presencial ou online. Por isso, diferentemente de outros recrutadores, ele não recomenda que os candidatos apontem no currículo quais foram online.

"Não considero pertinente e também sou avesso à análise da instituição pelo nome. Valorizo mais o profissional do que o lugar onde ele se formou", diz. No fim das contas, diz ele, o mais importante é o quanto se aplica de resultado.

No entanto, em relação às especializações, a visão do especialista é um pouco diferente. Para ele, 70% do conteúdo vem das trocas entre os profissionais. Ou seja, por mais que existam fóruns e salas de bate papo, na modalidade online essa interação é menor.

Era da tecnologia

A recrutadora Sthaell Ramos, sócia-diretora da People on Time consultoria, afirma que a educação online deverá ganhar um peso maior no futuro próximo, já que estamos vivendo na era da tecnologia. O preconceito atual ainda existe devido à falta de conhecimento e de adaptação à mudança. Apesar disso, a headhunter ressalta que o nome da instituição escolhida pesa em qualquer situação, seja online ou presencial.

"Isso não é tudo. O conhecimento, a experiência, projetos dos quais o profissional participou é que vão chamar a atenção do recrutador", afirma.

Instituições reconhecidas

Assim como a maioria dos recrutadores, para Juliana Alvez, gerente da área de expertise Hays Recursos Humanos, a chave é optar por uma instituição de confiança que chancele o curso, porque a receptividade do mercado está ligado à seleção da instituição. Na opinião dela, escolas mais reconhecidas não se arriscariam a oferecer cursos online que deixassem a desejar na qualidade em relação aos cursos presenciais.

Sobre informar a modalidade do curso no currículo, Juliana acha necessário que o profissional deixe claro se foi presencial ou online. ”Isso é mais pela questão da metodologia, não que seja nenhum demérito", explica.

Solução para quem mora longe

Joseph Teperman, headhunter e sócio da FLOW Executive Finders, afirma que o ensino a distância é uma "belíssima solução para quem está fora dos grandes centros". Sua visão é a de que importa mais o que a pessoa aprende do que a forma como ela faz isso, se em casa ou na presença de colegas e professores.

"Em relação a um curso de línguas, por exemplo, não importa se a pessoa estudou em Londres ou em casa, o que vale é que ela saiba falar inglês", diz, ressaltando que esse raciocínio deveria valer para todos os casos.

Fonte: Olhar Digital - Site Uol

A importância da música em nossas vidas


A música é singular em nossas vidas. Se composta com ritmos modernos, misturados ou clássicos, não importa, ela nos acompanha, muitas vezes, imperceptivelmente no dia a dia. Música não é somente o que soa nos aparelhos de rádio ou nos aparelhos tecnológicos em geral. 
A mistura de ruídos e barulhos cotidianos de todo os cantos podem ser tão harmoniosos para os ouvidos mais atentos a ponto de se tornarem uma música. Assim como uma combinação de sons improvisados ou ritmos diversificados podem resultar para outros ouvidos como a arte de combinar sons e influenciar nossas expressões e movimentos. 
Dificilmente vamos encontrar alguém que não goste de algum tipo de música, já que ela é composta por ritmos ecléticos. Alguns até afirmam que o silêncio mais profundo é a melhor música para a alma, dependendo do momento. Um barulho estridente também pode ser o ponto de equilíbrio ou o ritmo que pode agradar ou sensibilizar. A música tem esse poder de agradar as mais diferentes classes, os diferentes gostos e de fazer com que todas essas extremidades resultem na expressão da emoção do indivíduo num certo momento.
Não se espante se você ver alguém chorando ao ouvir uma música de rock pesado. Ou se notar alguém rir durante o toque de uma melodia triste enquanto os outros choram. A carga emotiva por trás das músicas são variadas e curiosas. As histórias encontradas e lembradas ao ouvir as combinações melódicas são ainda mais fortes. 
Durante a evolução humana, a música ganhou outras utilidades que expandiram a fronteira da arte. A música, presente na vida da humanidade desde a pré-história às festas, rituais religiosos e nos funerais, também integra o conjunto de ações militares, educacionais e terapêuticas, por exemplo. 
A música tem um campo imenso para ser estudado e pesquisado. Se você não tem a intenção de estudá-la para ensinar ou replicar para outras pessoas, obtenha conhecimento para agregar na sua vida pessoal.  
Conheça o curso presencial de Pós-Graduação em Arte, Música e Cultura na Educação da Aupex e se especialize ainda em arte e cultura.
Também conheça a Pós-graduação de Metodologia do Ensino de Música, nas modalidades de ensino online ou semipresencial 

Acadêmicos aderem ao projeto de biblioteca Leve e Leia


A Aupex conta com uma nova biblioteca itinerante montada no pátio de Polo de Graduação. Trata-se do projeto Leve e Leia arquitetado por alguns estudantes do terceiro semestre de Licenciatura em Filosofia e liderado pelo acadêmico do curso Clodoaldo Fadero, que tem o objetivo de incentivar a leitura por meio do empréstimo e trocas gratuitas de livros. A ação foi desenvolvida para incentivar o hábito mais frequente de leitura com a contraproposta de fazer com que o livro chegue gratuitamente e facilmente às mãos das pessoas.
“Buscávamos fazer um trabalho que importasse na aquisição de conhecimento para a faculdade e vimos que esse projeto já estava diante de nós”, conta Clodoaldo que trabalha como servidor público na unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do bairro Paranaguamirim. No local de trabalho do estudante de Filosofia já ocorre uma ação semelhante de troca de livros, assim como em outros lugares os estudantes tinham conhecimento de que já existia esse projeto.
“Joinville ganhou o JoinvilLÊ*, um projeto que só tende a expandir. Creio que essa vai ser a tendência: o incentivo à leitura em lugares onde as pessoas não estão acostumadas ou, então, que o projeto vai despertar a importância da leitura”, declara Clodoaldo.
O ourives e estudante do primeiro semestre da graduação de Artes Visuais da Aupex, Hercílio João Guedes, foi um dos acadêmicos a conferir o acervo em busca de referência sobre Artes para leitura. Mesmo sem ter encontrado o livro que procurava, o acadêmico elogiou a iniciativa da troca de livros. “Nesse primeiro momento do curso temos mais teoria e seria ótimo encontrar algum livro da minha faculdade, mas depende das doações”, comentou Hercílio, enquanto pesquisava no acervo.
Já a acadêmica do terceiro semestre de Pedagogia, Cristiane Carlini Pereira, estava em dúvida se levaria ou não uma enciclopédia. Cristiane estava impressionada com a quantidade de livros doados que se acumularam no pátio da Aupex. “Na semana passada eram poucos livros empilhados aqui e hoje já há muitos”, descreveu. Cristiane intenciona ser professora do ensino fundamental e sabe dos pré-requisitos da profissão. “Temos que ler bastante e sempre”, afirmou. 
*JoinvilLÊ é um projeto de incentivo ao hábito da leitura que está organizado em uma bicicleta com livros que circula com seu acervo nas estações de cidadania dos bairros. A ação foi desenvolvida pela Fundação Cultural de Joinville em junho deste ano e conta com as doações de pessoas físicas e empresas privadas.

21 de ago de 2013

Você está disposto a investir na sua carreira?


Existe um momento de nossas vidas que nos questionamos quanto aos futuros rumos que nossas carreiras podem seguir. São inúmeros os horizontes possíveis, mas precisamos ter um foco específico para não perdermos de linha aquele propósito primário que traçamos lá no começo de tudo. Antes de tomar qualquer decisão, é preciso avaliar se você está disposto a investir tempo – e talvez dinheiro – para manter uma boa manutenção em sua carreira. Se a resposta for sim, existem algumas oportunidades que podem vir a calhar de forma positiva com seu crescimento e são oferecidas pelas principais instituições de ensino do país aos profissionais já graduados, como: 

Cursos especializados em sua área:

Você pode fazer uma busca pela internet quanto aos possíveis cursos de sua área profissional. Certamente, aparecerá uma gama de opções pelas quais você, após uma pequena análise, poderá escolher entre um ou outro para realizar. O interessante desses cursos é que eles não demandam demais de seu tempo, como por exemplo, um curso de Mestrado demandaria. Com horários mais flexíveis e com um método de ensino mais corrido, você não precisará se desesperar para concluí-lo e, com certeza, a empresa em que você trabalha verá essa tua iniciativa com bons olhos.

Pós-Graduação:
A Pós-Graduação é uma ótima opção para você se aprofundar mais em sua área e conhecer os novos conceitos que os profissionais estão trabalhando e desenvolvendo a cada novo dia. Para conseguir um bom projeto de Pós-Graduação, sugerimos que você mantenha bons contatos com os professores. Eles te ajudarão desenvolver uma pesquisa bem elaborada e de acordo com seus interesses profissionais, de modo a colaborar, da melhor forma, com seu crescimento.

MBA:
O MBA é um curso intensivo e de muito, muito estudo. Para alguns cargos gerenciais, exibir MBA no currículo é essencial. Se você pensa investir neste curso, fique atento: as melhores instituições fazem uma seleção rigorosa antes de selecionar os possíveis interessados para a realização do MBA, através do chamado GMAT (Graduate Management Admission Test) em que se avalia a capacidade de raciocínio do candidato. Outro requisito de admissão é o certificado do TOEFL (Test of English as a Foreign Language).

Escolha seu curso na AUPEX!

Aupex - você superior!
http://aupex.com.br/
Graduação e Pós-Graduação

#Aupex #Graduação #Pós #EAD #Uniasselvi

Por que estudar na AUPEX?


Aupex - você superior!
http://aupex.com.br/
Graduação e Pós-Graduação

#Aupex #Graduação #Pós #EAD #Uniasselvi

Você está fazendo o possível para alcançar seus objetivos?


Licenciados em Educação Especial buscam regulamentação da profissão


Professores de educação especial de Santa Catarina estão unindo forças para buscar a regulamentação da profissão no Estado e no país. A justificativa demanda da quantidade de alunos especiais nas escolas regulares e da necessidade de profissionais preparados para acompanhá-los. 
De acordo com Isabel Pessoa, coordenadora do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor/Capes), Santa Catarina é o único estado da federação a oferecer formação específica em educação especial em sete instituições de ensino superior. “São 307 alunos dos municípios de Rio do Sul, Chapecó, São Lourenço do Oeste, Joinville, Canoinhas, Concórdia, Mafra, Campos Novos, Fraiburgo, Maravilha, Xanxerê, Tubarão, Araranguá, Itajaí e Brusque”, explicou a coordenadora para esclarecer a importância da busca pela regulamentação da profissão.
No último final de semana, profissionais da área elaboraram uma minuta de parecer técnico para ser enviado ao Conselho Estadual de Educação, ao Conselho Federal de Educação e à Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), visando à regulamentação da profissão de educador especial, profissional que atua junto com o professor na educação de crianças e adolescentes com deficiência.
O parecer deve ser apresentado na primeira quinzena de setembro, no Fórum Permanente de Formação, em Florianópolis. A causa vem recebendo apoio da Alesc.  
A Educação Especial ocupa-se do atendimento e da educação de pessoas com deficiência e transtornos globais de desenvolvimento em instituições especializadas. É organizada para atender alunos com necessidades especiais.
A educação inclusiva tem como objetivo incluir em escolas de ensino regular as crianças com necessidades educativas especiais para que nenhuma criança seja separada das outras por apresentar alguma espécie de deficiência.

Faltam sociólogos para completar vagas no mercado de trabalho no Brasil


“Há um potencial grande para a carreira de sociólogo no Brasil, tanto para o bacharel, quanto para o licenciado. O mercado de trabalho potencial para os licenciados é muito maior do que o número de formados anualmente nas universidades”, confirma artigo redigido pelo professor universitário Ronaldo Baltar, na Revista Coletiva (edição nº 10/2013). Conforme a publicação, muitas das vagas que são destinadas ao campo de trabalho da Sociologia vem sendo exercidas por profissionais de outras áreas. “Assim como ocorre com os bacharéis em Sociologia, o campo de atuação no ensino também é marcado pela presença de outros profissionais no lugar dos licenciados em Ciências Sociais/Sociologia”, revela o autor.
Em um estudo promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) de 2008, foi constatado que apenas 2.499 (pouco mais de 12%) dos 20.339 professores de Sociologia eram, de fato, formados em Sociologia ou Ciências Sociais. Na época, havia no Brasil 20.339 professores de Sociologia em exercício, enquanto o mercado de trabalho para professores de Sociologia no Ensino Médio demandaria 87 mil novas vagas no país.
As disciplinas de Sociologia e Filosofia tornaram-se obrigatórias no Ensino Médio em 2008 por meio da alteração pelo Congresso Nacional na Lei 9.394 de 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Já a profissão de sociólogo está estabelecida na Lei n º 6.888, de 10 de dezembro de 1980. São atividades da profissão o planejamento e a execução de pesquisas socioeconômicas, culturais e organizacionais, o levantamento sistemático de dados para subsidiar diagnósticos e a análise de programas em várias áreas (educação, trabalho, promoção social e outros). “Também são atividades do sociólogo a assessoria e a prestação de consultorias a empresas, órgãos da administração pública direta ou indireta, entidades e associações”, completa o artigo.

A Aupex/Uniasselvi oferece o curso de Licenciatura em Sociologia com mensalidade no valor de apenas R$ 219,00. O curso superior é realizado em 36 meses (3 anos) e tem a carga horária de 2.800 horas. 


Se você já é graduado e busca uma especialização na área, matricule-se no novo curso de Pós-graduação Presencial Filosofia, Sociologia http://www.aupex.com.br/_694-pos-presencial-em-joinville-filosofia-sociologia-e-ensino-religioso O curso tem o objetivo de qualificar professores e profissionais graduados em outras áreas com interesse em se especializar nas áreas de Filosofia, Sociologia e Ensino Religioso. 

16 de ago de 2013

Aviso aos acadêmicos AUPEX/UNIASSELVI


Vagas de emprego





RETIFICADOR (M/F)
Necessário experiência para atuar na operação de retifica plana, esquadrejando e ajustando peças em geral.

AUXILIAR DE EXPEDIÇÃO (M/F)
Necessário experiência e conhecimento em rotina de expedição.

AUXILIAR DE PRODUÇÃO(M/F)
Não necessita experiência. Para trabalhar em empresa de fundição.

AUXILIAR ODONTOLÓGICO (M/F)
Necessário experiência comprovada na função e curso técnico TSB/ASB – concluído.

LAVADOR DE VEICULOS (M/F)
Necessário experiência. Para atuar em Posto de Combustível.

ATENDENTE (M/F)
Necessário experiência em atendimento ao público.
Para trabalhar em loja de conveniências.

VENDEDOR INTERNO (M/F)
Necessário experiência comprovada na função. Para trabalhar em comércio.

VENDEDOR EXTERNO (M/F)
Necessário experiência comprovada na função. Para trabalhar com vendas de TV por assinatura

SERVIÇOS GERAIS (M/F)
Necessário experiência em rotinas de serviços gerais.

CAMAREIRO (M/F)
Necessário experiência em serviços gerais.

ADMINISTRATIVO

AUXILIAR TÉCNICO – SUPORTE (M/F)
Necessário experiência em atendimento ao cliente para suporte técnico. Desejável  Técnico em Informática ou áreas afins, concluído ou cursando.

ANALISTA CONTÁBIL(M/F)
Necessário experiência em  lançamentos de notas fiscais, conciliação, classificação de documentos, cálculo de impostos e obrigações acessórias. Para trabalhar em escritório contábil.

ESTÁGIO COMERCIAL (M/F)
Cursando superior em Administração, Marketing e Afins

ESTÁGIO EM LOGÍSTICA (M/F)
Cursando superior ou técnico em Logística.

OPERACIONAL

OPERADOR DE CAIXA (F)
Necessário experiência. Para trabalhar em Posto de Combustível.

CUIDADOR DE ANIMAIS DOMÉSTICOS (M/F)
Necessário experiência em serviços gerais, irá auxiliar no cuidado aos internados e hospedados (alimentação, limpeza de canil e gatil).

AUXILIAR DE COZINHA (M/F)
Não necessita experiência.

SOLDADOR (M/F)
Necessário experiência em solda, para trabalhar com montagem de implementos rodoviários

MECÂNICO MONTADOR / MANUTENÇÃO (M/F)
Para serviços de Manutenção Industrial, Montagens, Estruturas Metálicas e Tubulações. Prestação de Serviços para Terceiros.

CALDEIREIRO (M/F)
Com experiência em Fabricação, Corte e Dobra com Guilhotina e Dobradeira.

SOLDADOR(M/F)
Com experiência em soldas em gerais (TIG, MIG, MAG e Elétrica)

OPERADOR DE TORNO (M/F)
Necessário experiência em preparação das máquinas, troca de ferramental, abastecimento de material e conhecimento em Torno Traub A-15 E A-25

FRESADOR CNC (M/F)
Necessário experiência em fresa, leitura e interpretação de desenho, medições e domínio no comando CNC. Para trabalhar com Fresadora Feeler Mitsubishi.

FRESADOR FERRAMENTEIRO CONVENCIONAL (M/F)
Necessário experiência em interpretação de desenhos, medições, usinagem. Para trabalhar em Fresadora Ferramenteira Convencional com digital nos 3 eixos.

PROGRAMADOR CNC (M/F)
Necessário experiência em torno e fresa CNC.


INTERESSADOS ENVIAR CURRICULO PARACURRICULO@CONTAR.COM.BR
DÚVIDAS E MAIORES INFORMAÇÕES PELO FONE: 3145-303

14 de ago de 2013

Nova Pós-graduação presencial: Metodologia do Ensino de História e Artes





A Aupex lança mais um curso diferenciado de Especialização Lato Sensu na área de Educação para o segundo semestre de 2013. Trata-se da Pós-graduação Presencial de Metodologia do Ensino de História e Artes na Educação, ideal para quem busca oportunidades de trabalho no campo pedagógico e em áreas que exigem a especialização no tema. As aulas iniciam em 17 de setembro e serão sempre às terças-feiras. O curso será realizado num período total de 15 meses e as mensalidades são as mais acessíveis do mercado. 
O curso tem o objetivo de desenvolver a reflexão necessária à compreensão dos elementos mais gerais, que determinam a produção dos conhecimentos artísticos e científicos, e qualifica os estudantes para atuação nas diferentes linguagens – artes visuais, música, teatro e dança –, integrando métodos e técnicas para inovação da prática pedagógica no Ensino das Artes. Outra intenção do curso é fornecer um instrumental teórico e metodológico por meio da aplicação das técnicas usuais de trabalho acadêmico, além de ampliar o conhecimento teórico sobre a natureza, o valor e o significado de Arte e História na Educação.
Os cursos de Pós-graduação presenciais e os MBA (Master in Business Administration) da Aupex são ministrados por uma equipe de professores com prática e experiência de mercado.
A Aupex também oferece outras opções para profissionais que procuram especialização na área de Educação. A Pós-graduação Lato Sensu em Filosofia, Sociologia e Ensino Religioso é ideal para professores de Licenciatura ou profissionais graduados em outras áreas que desejam atuar no ensino de Filosofia, Sociologia e Religião. 
Outros cursos presenciais programados para este semestre são as Pós-graduações Lato Sensu em Arte, Música e Cultura na Educação, em Didática do Ensino da Matemática e em Educação a Distância. Todos os cursos que começarão na Aupex são especializações valorizadas pelo mercado de trabalho. Mais informações devem ser obtidas com um de nossos consultores pelo fone: (47) 3027-1313.
As matrículas para os cursos presenciais podem ser feitas por meio do site da Aupex no linkhttp://www.aupex.com.br/cursos-de-pos-graduacao-presencial-em-joinville ou diretamente no endereço de nosso Polo de Pós-Graduação, na rua Marinho Lobo, 75, Centro, Joinville/SC.
Os alunos e ex-alunos da Aupex tem 10% de desconto nas mensalidades. 
Veja os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu presenciais programados para o segundo semestre de 2013

* Arte, Música e Cultura na Educação.
* Didática do Ensino da Matemática.
* Educação Especial: Atendimento Educacional Especializado. Iniciou em 24/06/13, mas as matrículas estão abertas ainda. 
* Educação Infantil e Anos iniciais. Iniciou em 06/06/13, mas as matrículas estão abertas ainda.
* Educação a Distância
* Filosofia, Sociologia e Ensino Religioso.
* MBA Executivo em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria Contábil.
* MBA Executivo em Engenharia de Produção.
* MBA Executivo em Gestão Comercial, Varejo e Serviços.
* MBA Executivo em  Gestão Industrial, Logística e Qualidade. 
* MBA Executivo em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Gerencial. 
* MBA Executivo em Psicologia Organizacional e do Trabalho

Aupex - você superior!


Prepare-se para o futuro. Faça AUPEX! Visite nosso site e escolha um curso de Graduação, Pós-graduação ou MBA que melhor atenda suas necessidades. www.aupex.com.br

Garanta hoje sua vaga em dos cursos de graduação da Aupex/ Uniasselvi



As aulas de Graduação pela Aupex/Uniasselvi iniciaram no final de junho, mas ainda há vagas para matrículas em cursos de Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo. Os alunos que iniciarem as aulas no mês de agosto podem recuperar o conteúdo atrasado em datas posteriores. Faça sua inscrição para graduação pela internet no linkhttp://selecao.nead.com.br/principal.php e matricule-se diretamente no Polo de Graduação da Aupex.
O valor das mensalidades para os cursos de Licenciatura e Graduação Tecnológica é de apenas R$ 219,00 enquanto os cursos de Bacharelado tem o custo mensal de R$ 259,00.
Os cursos da Aupex são voltados para a demanda de mercado, as aulas presenciais acontecem uma vez por semana no Polo de Graduação da instituição, sendo que, ao aluno é oferecido apoio pedagógico e material para que ele estude em sua casa.
Ingresse na faculdade. Tire suas dúvidas com nossos consultores pelo fone: (47) 3025-5077 ou visite nosso endereço: R. Dona Francisca, nº 934, Saguaçu, Joinville/SC.

Confira os cursos que ainda dispõe de vagas para matrícula
Cursos de Graduação Tecnológica 
Gestão Pública
Gestão Financeira
Gestão de Recursos Humanos
Comércio Exterior
Gestão Ambiental 
Gestão Comercial
Logística
Negócios Imobiliários
Processos Gerenciais
Segurança no Trabalho

Cursos de Bacharelado

Serviço Social


Cursos de Licenciatura

Artes Visuais
Geografia
História 
Informática
Pedagogia
Filosofia
Sociologia

9 de ago de 2013

20 dicas para escrever bem



Fonte:http://www.engenhariae.com.br



1. Evite repetir a mesma palavra, porque essa palavra vai se tornar uma palavra repetitiva e, assim, a repetição da palavra fará com que a palavra repetida diminua o valor do texto em que a palavra se encontre repetida!

2. Fuja ao máx. da utiliz. de abrev., pq elas tb empobrecem qquer. txt ou mensag. que vc. escrev.

3. Remember: Estrangeirismos never! Eles estão out! Já a palavra da língua portuguesa é very nice! Ok?

4. Você nunca deve estar usando o gerúndio! Porque, assim, vai estar deixando o texto desagradável para quem vai estar lendo o que você vai estar escrevendo. Por isso, deve estar prestando atenção, pois, caso contrário, quem vai estar recebendo a mensagem vai estar comentando que esse seu jeito de estar redigindo vai estar irritando todas as pessoas que vão estar lendo!

5. Não apele pra gíria, mano, ainda que pareça tipo assim, legal, da hora, sacou? Então joia. Valeu!

6. Abstraia-se, peremptoriamente, de grafar terminologias vernaculares classicizantes, pinçadas em alfarrábios de priscas eras e eivadas de preciosismos anacrônicos e esdrúxulos, inconciliáveis com o escopo colimado por qualquer escriba ou amanuense. 

7. Jamais abuse de citações. Como alguém já disse: “Quem anda pela cabeça dos outros é piolho”. E “Todo aquele que cita os outros não tem ideias próprias”!

8. Lembre-se: o uso de parêntese (ainda que pareça ser necessário) prejudica a compreensão do texto (acaba truncando seu sentido) e (quase sempre) alonga desnecessariamente a frase.

9. Frases lacônicas, com apenas uma palavra? NUNCA!

10. Não use redundâncias, ou pleonasmos ou tautologias na redação. Isso significa que sua redação não precisa dizer a mesmíssima coisa de formas diferentes, ou seja, não deve repetir o mesmo argumento mais de uma vez. Isso que quer dizer, em outras palavras, que não se deve repetir a ideia que já foi transmitida anteriormente por palavras iguais, semelhantes ou equivalentes.

11. A hortografia meresse muinta atensão! Preciza ser corrijida ezatamente para não firir a lingúa portuguêza!

12. Não abuse das exclamações! Nunca!!! Jamais!!! Seu texto ficará intragável!!! Não se esqueça!!!

13. Evitar-se-á sempre a mesóclise. Daqui para frente, pôr-se-á cada dia mais na memória: “Mesóclise: evitá-la-ei”! Exclui-la-ei! Abominá-la-ei!”

14. Muita atenção para evitar a repetição de terminação que dê a sensação de poetização! Rima na prosa não se entrosa: é coisa desastrosa, além de horrorosa!

15. Fuja de todas e quaisquer generalizações. Na totalidade dos casos, todas as pessoas que generalizam, sem absolutamente qualquer exceção, criam situações de confusão total e geral.

16. A voz passiva deve ser evitada, para que a frase não seja passada de maneira não destacada junto ao público para o qual ela vai ser transmitida.

17. Seja específico: deixe o assunto mais ou menos definido, quase sem dúvida e até onde for possível, com umas poucas oscilações de posicionamento.

18. Como já repeti um milhão de vezes: evite o exagero. Ele prejudica a compreensão de todo o mundo!

19. Por fim, Lembre-se sempre: nunca deixe frases incompletas. Elas sempre dão margem a

JB Oliveira