8 de jan de 2014

Por que o ensino a distância está crescendo?

O Ensino a distância (EAD) está cada vez mais popular em todo o mundo. No Brasil, o Censo do Ensino Superior em 2012 apontou que as matrículas em cursos a distância cresceram quatro vezes mais que nos presenciais. Universidades tradicionais já aderiram a esta modalidade de ensino e usam os recursos do EAD em algumas disciplinas. Mas por que este modelo ganhou tamanha popularidade nos últimos anos?
Uma das respostas para esse enigma está no desenvolvimento da tecnologia. O aprimoramento de hardware e software tornou o EAD mais acessível para um grande número de alunos. Isso ampliou o conceito de educação, pois a tecnologia exigiu que tanto educadores quanto gestores revisassem suas práticas pedagógicas.
ead
                                        










Os debates sobre o uso de tecnologia aplicada à educação são recentes, mas as plataformas digitais surgiram nos anos 1990. A Blackboard, por exemplo, estreou nesse ramo em 1997. Na década passada, as ferramentas voltadas para a educação começaram a ganhar importância. Em 2007, um em cada cinco universitários norte-americanos utilizavam pelo menos um curso on-line. Os primeiros dez anos do século XXI também foram responsáveis pelo desenvolvimento de cursos de graduação totalmente on-line.
Outro fator importante para a presença cada vez mais forte do EAD foi a aceitação dos estudantes. Segundo o site Edudemic, fatores como flexibilidade, melhor currículo, mercado de trabalho e qualidade contribuíram para que a educação a distância crescesse nos últimos anos. Nos Estados Unidos, 47% dos estudantes de EAD com mais de 26 anos trabalha ou têm família, o que torna um curso on-line a melhor opção. Quando o assunto é qualidade de ensino, 86% dos estudantes de EAD norte-americanos acreditam que o currículo do curso tem qualidade. Nos EUA, 86,5% das instituições de ensino superior têm pelo menos uma oferta de curso on-line.
As razões pelas quais os estudantes norte-americanos escolheram o ensino a distância não difere tanto dos motivos dos brasileiros. A percepção de que os cursos on-line são tão bons quantos os presenciais e a aceitação desse tipo de graduação no mercado de trabalho deram impulso para o crescimento da modalidade no país. Além disso, o número de matriculados nas universidades dobrou nos últimos 10 anos, tornando o EAD uma alternativa de graduação mais viável para muitos estudantes, tanto dos grandes centros, onde há diversas opções, quanto de regiões em que o Ensino Superior presencial ainda não tem alcance.
E você, acredita que o ensino a distância será cada vez mais importante nas universidades? Por quê?

Fonte: www.desafiosdaeducacao.com.br

Nenhum comentário: