21 de mai de 2014

Maio é o mês das mães. Mães da Aupex: Marli

Durante o mês de maio, iremos homenagear algumas das mulheres que compõe o time das mães da Aupex. São mulheres que se dedicam às suas famílias e também ajudam no fortalecimento e no crescimento desta instituição de ensino. Acompanhe algumas breves histórias dessas mulheres.
Quem frequentou o Polo de Graduação da Aupex em 2007 e 2008 sabia que Marli Loureiro trabalhava nesse período na cantina da instituição. O atendimento de Marli no local foi tão bom que ela foi convidada a trabalhar em 2009 na secretaria da Aupex. “Comecei como telefonista e depois que aprendi a rotina de trabalho fui transferida para atender os alunos”, lembra. 
Marli trabalhou na Aupex até 2011 e durante um ano se desligou da empresa. Em 2012, ela retornou à secretaria da Aupex, onde atua até hoje. Além dos diversos atendimentos, a funcionária é responsável pelos estágios de graduação. 
Uma das histórias que Marli mais se orgulha de contar é da filha de 24 anos que mora há um ano e meio em Vancouver, Canadá. Embora sinta saudades da primogênita, ela alega que a filha sempre quis morar em outro país. “Ela é esforçada e sempre economizou dinheiro para seguir esse sonho. Deu aulas de inglês desde muito nova, correu atrás da documentação e se inscreveu no programa para estudar no Canadá”, descreve a mãe.
Ela conta que seu segundo filho, 20 anos, tem a intenção de seguir o mesmo caminho que a irmã. “Hoje ele está na faculdade de Ciências da Computação e faz estágio em órgão público. Mas também quer ter a experiência de morar em outro país. Eu apoio tudo que for benéfico para meus filhos”, admite.
Ao mesmo tempo em que os filhos estão investindo nas carreiras acadêmica e profissional, Marli também está estudando. Neste ano ela finaliza o curso de Tecnologia em Processos Gerenciais da Aupex/Uniasselvi. “Já poderia ter terminado a faculdade, porém o investimento nos meus filhos sempre foi prioridade para mim e meu marido. Mas estou contente que ainda assim, vou me formar na área de administração, que sempre gostei”, alega. 
Marli não só parece como é uma mãe com espírito jovem e sempre está preparada, literalmente, para as mudanças da vida. "Sou campeã de mudanças de casa, já fiz 10 na minha vida. Meu marido já foi gerente de banco e nos mudávamos sempre naquela época. Se precisar mudar na vida, eu encaro". 

Nenhum comentário: